O dia em que eu tive medo por ser mulher

A Ariane, do Mistura Urbana, escreve com sensibilidade um post contando o caso em que ela foi abordada e ameaçada sexualmente. Ela analisa os instrumentos governamentais que auxiliam a invisibilizar a causa feminista, ao mesmo tempo em que em que questiona a validação das agressões cotidianamente sofridas por mulheres.

“Não fui estuprada, não sofri lesão corporal, não voltei a encarar o agressor, mas isso não faz as coisas serem mais fáceis pra mim. Foi terrível. Tive medo por ser mulher. Nunca antes na minha vida tinha desejado tanto não ser.”

Leia o post completo em: http://misturaurbana.com/2011/12/o-dia-em-que-eu-tive-medo-por-ser-mulher/

Anúncios

Uma resposta para “O dia em que eu tive medo por ser mulher

  1. Esse texto é super forte, não só por ter sido uma situação real, mas pelo fato disso ser algo tão comum, não é mesmo? O tipo de coisa que lembra a gente que o mundo é um vampiro mandado pra sugar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s